Archive for the Personalidades Category

Katheryn Elizabeth Hudson você conhece esta pessoa?

Posted in Música, Personalidades on novembro 15, 2010 by identidadeblog

Voltando a postar no blog, trazendo posts um tanto polêmicos como de costume (risos), este não é diferente, vejam e discutam nos comentários o que acham dessa situação que não é tão incomum.

Katheryn Elizabeth Hudson nasceu em 25 de outubro de 1984 em Santa Bárbara Califórnia. Filha de um casal de pastores evangélicos, cantava no coral da igreja quando criança além de cantar em diversas igrejas. Em 2001 lançou seu primeiro álbum gospel intitulado Katy Hudson (homônimo de seu nome artístico).

Certo dia Katy Hudson ao ir a uma festa e ouvir uma música do grupo Queen decidiu afastar-se da igreja e saiu da casa dos pais para “conquistar seu lugar ao sol”. Trocando seu nome artístico para Katy Perry.



Em 2007 em uma atitude um tanto vingativa lançou seu cd UR so Gay (você é tão gay) uma alusão ao seu ex-namorado. Em 2008 estourou e uma de suas músicas mais marcantes (e entrou para o Guinness Books por mais downloads legais) é I Kiss a Girl (Eu beijei uma garota). Em entrevista a revista Blender (2008) disse que vivia em uma ilha e ainda dá uma leve criticada em seus pais dizendo que eles achavam serem os únicos certos, mas afirma que ainda faz parte deles. E uma de suas frases interessantes é: “Só que agora eu tenho mais dinheiro que meus pais”

Aos poucos tem sido vista como uma sex symbol, aparecendo na capa de várias revistas pelo mundo afora. Seus cerca de três milhões de seguidores no Twitter e a amizade com o blogueiro das estrelas Perez Hilton garantem que todas as suas declarações tenham grande repercussão.

Sua infância foi marcada pela influência e maneira de ver o mundo de seus pais, considerados cristãos pentecostais fundamentalistas. Eles, apesar de terem sido hippies nos anos 1960, obviamente não gostaram de ver a filha anunciando ao mundo que beijou outra garota. Inclusive, já se posicionaram publicamente contra as músicas da filha. O jornal inglês Daily Mail publicou uma entrevista em 2008, onde a mãe de Katy afirma que o primeiro sucesso da filha “…promove o homossexualismo. Sua mensagem é vergonhosa e nojenta. Toda vez que escuto minha filha cantando no rádio, baixo a cabeça e oro por ela. Katy é nossa filha e nós a amamos, mas discordamos da maneira como está se comportando”.

Mesmo tendo o nome “Jesus” tatuado no punho, a cantora de 25 anos não facilita as coisas para os pais. Em breve deve emplacar um novo sucesso “Teenage Dream” (sonho de adolescente), onde surge de lingerie no vídeo que aparece deitada na cama com um namorado cantando “dirigimos até a Califórnia, ficamos bêbados na praia, fomos para o motel e montamos uma fortaleza com nossos lençóis”.

Mas engana-se quem pensa que ela virou as costas para tudo o que aprendeu desde cedo. Algumas declarações para a entrevista recente na Rolling Stone despertou certo interesse. Abaixo um leve levantamento do que ela tem a dizer sobre sua espiritualidade. Afinal, o título do artigo na revista americana, como visto acima, é “Sexo, Deus e Katy Perry: o caminho difícil e os tempos quentes enfrentados por um anjo caído”.

“Falar em línguas é tão normal para mim como ‘Passe o sal’… É um segredo, uma linguagem para a oração direta com Deus… Meu pai costuma falar em línguas, enquanto minha mãe interpreta. Esse é o dom deles… Quando pequena, eu não podia dizer que eu tinha sorte, porque minha mãe preferia que disséssemos ‘somos abençoados’. Ela também não achava que lucky (sortuda, em inglês) tinha um som parecido com a palavra Lúcifer… Eu não podia comer o cereal Lucky Charms (amuletos da sorte), mas acho que era por causa do açúcar. Creio que minha mãe mentiu para mim sobre isso. “- Rolling Stone, agosto de 2010.

“Fico chateada quando vejo Russell (Brand, ator e seu noivo), usando o nome do Senhor em vão e Lady Gaga colocar um rosário na boca. Acho que quando você mistura sexo e espiritualidade no mesmo recipiente e sacode bem, algo ruim acontece. Sim, eu disse que beijei uma garota. Mas não disse que beijei uma garota enquanto transava com um crucifixo. ” Rolling Stone, agosto de 2010

“Minha criação religiosa foi comicamente rígida, proibiram até mesmo de termos em casa qualquer coisa cujo nome remetesse ao diabo. Em nossa casa, não podíamos nem mesmo chamar ovos apimentados pelo seu nome popular. Ao invés de deviled eggs (ovos do demônio), tínhamos de chamá-los de “ovos angelicais”. Nunca fomos autorizados a falar palavrão. Eu sempre tinha problemas quando dizia “que inferno”… Só podíamos escutar música gospel. Não admira que eu me rebelei. “- Celebrity Blend, 2009

“Eles são um tipo diferente de cristãos… São até moderno… sabe, às vezes as pessoas imaginam meus pais vestindo sempre como um pastor ou um padre… Não, na verdade, meu pai tem quatro tatuagens… ele é uma espécie de pastor rock and roll moderno. “- Beliefnet, janeiro de 2009

“Quando comecei a cantar música gospel, minha perspectiva das coisas era bem limitada e rígida. Tudo em minha vida estava muito ligado à igreja. Não sabia que existia um outro mundo além daquele. Por isso, quando saí de casa e vi tudo isso, pensei ‘Meudeus, caí no buraco do coelho branco e existe todo esse mundo de Alice no país das maravilhas aqui’” — revista The Scotsman, 2009

“Fui criada numa casa com muita rigidez religiosa. Tudo o que podia ouvir eram [hinos religiosos conhecidos, como] ‘Oh Happy Day,’ ‘His Eye Is on the Sparrow’ e ‘Amazing Grace’. Então agora até o New Kids on the Block são novidades para mim. Eles tem músicas legais… — MTV, 2008

“Não podíamos ouvir música secular em casa, pois era considerada coisa do diabo… Se eu queria levar amigas para casa, minha mãe queria saber se elas eram cristãs… Meus pais são assim. Eles são loucos! Eles são malucos mesmo!” — revista Blender, 2004

Será que sua mudança foi motivada por dinheiro, por dúvidas, ou era uma hipócrita nos tempos de cantora gospel? Essa pergunta eu não sei e com certeza não a encontraremos hoje em nenhuma de suas entrevistas. Mas o que sei é que ela é tão filha de Deus como eu e você. Não aponte os erros da cantora, ou de pessoas que você conhece que caíram. Interceda! Não tente entender o cair, mas ore pelo levantar! E cuidado com as concessões que você possa abrir.

Fortaleça sua vida em Deus! “Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados.” 2 Coríntios 4:8

Por Matheus Padora; Fonte: Gospel Prime

Anúncios

Alice Cooper: “Jesus passou metade do tempo a lutar com demônios e a arrancá-los das pessoas”

Posted in Curiosidades, Música, Personalidades on novembro 2, 2010 by identidadeblog

Alice Cooper revelou, em entrevista ao jornal Metro britânico, que acredita em demónios e que “Jesus passou metade do tempo a lutar [com eles] e a arrancá-los das pessoas”. Apesar disso, o músico que se assume cristão não acredita em espíritos.

“Adoro ver aqueles programas de caçadores de fantasmas, mas sou cristão portanto não acredito que haja espíritos à solta que não tenham sido mandados para o céu ou para o inferno”, disso Cooper antes de acrescentar: “Penso que esses caçadores de fantasmas estão a lidar com demónios. Eles podem andar por aí a fazer o que querem e conseguem imitar todo o tipo de coisas”.

Quanto aos espíritos, o músico defende: “Não acredito que andemos por aqui a flutuar quando morremos – há um julgamento e ou vais para o céu ou vais para o inferno”.

fonte: Blitz

Diante do Trono no Faustão

Posted in Evangelismo, I.D.TUBE, Música, Notícias, Personalidades on outubro 25, 2010 by identidadeblog

Que maravilha! Somente uma pessoa doce e amável como a Ana Paula Valadão, poderia representar os evangélicos tão bem assim em um programa como o Domingão do Faustão.

Que Deus abençoe a todos do Ministério Diante do Trono, souberam a honrar ao Senhor e comunicar o evangelho com graça.

O Brasil foi mais feliz nesta tarde de domingo. 

Charles “do Bronx” Oliveira: atleta do UFC e de Cristo!

Posted in Esporte, Personalidades on outubro 8, 2010 by identidadeblog

Charles Oliveira em sua primeira vitória no UFC

Charles “do Bronx” Olivera de 20 anos é um rapaz de origem humilde morador de Vicente de Carvalho/Guarujá – SP e professor/aluno da Bronx’s Gold Team equipe de Jiu-Jitsu, MMA e Muay Thai criada pelo mestre Ericson Cardozo, filiada a Macaco Gold Team do mestre Jorge Patino “Macaco”. Segundo um médico certa vez, nunca poderia praticar qualquer esporte. Mas qual é o valor da opinião de um médico, quando Deus quer o inverso? Extrovertido e com grande fé, hoje Charles é um dos lutadores de MMA (Mixed Martial Arts – Artes Marciais Mescladas) mais comentados do momento! Contratado há alguns meses pelo maior evento de MMA do Mundo, o Ultimate Fighting Championship, toda vez que ganha agradece a Deus e a Jesus Cristo aparecendo assim, suas dedicatórias nos vídeos e DVD’s. E não para por ai, Charles é dono de um cartel surpreendente: 17 vitórias em 17 lutas! (9 finalizações, 6 nocautes e uma decisão unânime). Sua ultima luta no Brasil, terminou em 34 segundos, após uma joelhada que levou seu adversário ao nocaute. Sua primeira vitória no UFC foi contra Darren Elkins que só havia perdido uma vez, em uma luta preliminar que terminou aos 41 segundos, por arm-lock no triângulo (golpe de Jiu-Jitsu) levando a platéia ao delírio e fazendo-o  ganhar o prêmio de melhor finalização da noite.

Sua segunda luta foi contra o 5º melhor da categoria (70 kg) e vencedor do Reality Show do UFC, Efrain Escudero, sendo a segunda luta principal da noite, Escudero que é um lutador rápido e forte ficou acuado, quando viu que Charles não é apenas um lutador de Jiu-Jitsu. Acertando diversos golpes de Muay Thai no ultimo round Charles encaixa um mata-leão preso as costas de Escudero. Novamente levou a platéia ao delírio e o prêmio de melhor finalização da noite, as premiações seguidas é um feito nunca antes alcançado por outro lutador no UFC. Além disso Charles é faixa marrom, campeão Paulista, Brasileiro e Mundial de Jiu-Jitsu. Sua próxima luta no UFC está marcada para o dia 11 de dezembro no Canadá, contra Jim Miller. E Charles também está na disputa no MMA Awards (o Oscar do Vale-Tudo) como atleta revelação do ano, se puderem votar clique aqui.

Site e blog da academia Bronx’s Gold Team a qual Charles é professor e aluno:

http://www.bronxsgoldteam.com/

http://bronxsgt.spaceblog.com.br/

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por Matheus Padora (aluno de Ericson e Charles hehehe)

Bono da banda U2 fala sobre a Graça de Deus

Posted in Artigos, Curiosidades, I.D.TUBE, Música, Personalidades on setembro 10, 2010 by identidadeblog

Encontrei estes videos no site do Pr. Andre Queiroz, e os achei interessantes para postar aqui pelos seguintes motivos:

O Bono Vox não é apenas o vocalista e lider de uma das maiores bandas de rock de todos os tempos, ele também é ganhador do Premio Nobel da Paz, e, a sua maneira, é claro, um propagador da mensagem do evangelho.

Não quero sinalizar com isso que qualquer um dos nossos jovens deve andar pelo que o Bono diz, porém, acho relevante saber o que uma das pessoas mais influentes da midia/cultura de massa, dos nossos dias, pensa sobre Cristo e a graça de Deus.

Vamos ver:

Fonte: http://www.andrequeiroz.org/

Testemunho de Brian “Head” Welch ex-KoЯn

Posted in Personalidades on agosto 8, 2010 by identidadeblog

KoЯn é uma banda criada no início dos anos 90, é conhecida por praticamente ter criado o estilo nu metal e é considerada uma das maiores bandas nesse estilo, sendo ganhadora de diversos prêmios. Mas não estamos aqui para falar da banda, mas sim, de seu ex-guitarrista e um dos fundadores, Brian “Head” Welch (40 anos) que decidiu sair do mundo da fama, dinheiro, drogas e sexo, para seguir a Jesus Cristo! Sua mudança é comparada aqui no Brasil a do ex-Raimundos, Rodolfo Abrantes.

Para conferir o testemunho que traz novamente o verso “Deus usa os loucos para confundir os sábios”, assistam ao vídeo:

Hoje Head têm um documentário Washed By Blood (Lavado pelo Sangue) que mostra a vida do músico, seu antes e depois, com comentários de amigos, e um lar que construiu na Índia para abrigar 200 crianças. Ele também possui um livro intitulado Head Home, e um CD de sua carreira gospel “Save Me from Myself” (Salve-me de mim mesmo) de 2008 (que para quem gosta do estilo, eu recomendo).

Este slideshow necessita de JavaScript.

De: Matheus Padora

Há alguém maior que Chuck Norris: Deus

Posted in Personalidades on agosto 7, 2010 by identidadeblog

Chuck Norris

O ator, diretor, produtor, escritor, mestre 1º grau em Jiu-Jitsu, 8 º grau mestre em Tae Kwon Do, 9 º grau em Jeet Kune Do sendo o melhor aluno de Bruce Lee, Dan Inosanto, 10º grau Shito-Ryu Karatê, grau 10 em Tang Soo Do, 11º graus em Chun Kuk Do (Ufa!), Carlos Ray Norris Jr. Mais conhecido como Chuck Norris (70 anos), é colunista do site norte-americano World Net Daily. Em seu primeiro texto publicado, o ex-campeão mundial de karatê e machão de “Comando Delta” e “Texas Ranger” resolve abordar os famosos “Chuck Norris Facts” – a lista de “verdades” sobre sua pessoa que circula na Internet há certo tempo.

Norris veja só, não concorda com a lista de máximas, que inclui “Chuck Norris contou até o infinito duas vezes”, “Chuck Norris pode bater uma porta giratória”, “Foi Chuck Norris que fez a Mona Lisa sorrir” e “Chuck Norris não dorme. Ele espera”. Aliás, ele a aborda para dizer que há alguém maior que ele: Deus.

“Embora eu me divirta muito lendo e citando os fatos, vamos encarar que a maioria dos ‘Chuck Norris Facts’ descrevem alguém com poderes sobrenaturais, super-humanos. Estão descrevendo um super-homem. E na história deste planeta, só existiu um super-homem de verdade. Não sou eu”, escreve o ator.

Foto do seriado Texas Ranger

“Se você passar a vida tentando fazer dinheiro e esquecer as pessoas que lhe são importantes, você criará um profundo vazio no seu coração e na sua alma. Eu sei disso. Caí nesta armadilha. Dediquei toda a minha vida à fama e à fortuna. Tinha um grande buraco no meu coração e estava na pior até conhecer minha esposa, Gena, que me trouxe de volta ao Senhor.”

Evangélico convertido desde o fim da carreira no cinema, Norris já escreveu vários livros com temas cristãos. Também é garoto-propaganda nos EUA das campanhas por estudos bíblicos e pelas orações nas escolas públicas. Radical, faz questão de dizer na coluna que a teoria da evolução é inválida.

“‘Não existe teoria da evolução. Apenas uma lista das criaturas que Chuck Norris deixou viver. ’ É engraçado. É bonitinho. Mas veja o que realmente penso sobre a teoria da evolução: ela não é real. Não foi assim que chegamos aqui. É verdade, a vida que vemos neste planeta é realmente só uma lista de criaturas que Deus permitiu viver. Não somos criações aleatórias. Não somos acidentes. Há um Deus, um Criador, que fez a mim e a você. Fomos feitos em Sua imagem, que nos distingue de todas as outras criaturas”, prega.

A coluna de Chuck Norris é semanal. Você pode ler a primeira matéria em inglês, no link abaixo:

http://www.worldnetdaily.com/news/article.asp?ARTICLE_ID=52567

Fonte: Omelete

(Um fato real do “Chuck Norris Facts” é que se você escrever na barra de pesquisa do Google ‘Google Chuck Norris’ e clicar no ‘Estou com sorte’, você vai a uma página somente para a brincadeira tendo como frase inicial: “Google não vai procurar Chuck Norris porque sabe que você não encontra Chuck Norris, ele encontra você.” Porém, está em inglês.)

De: Matheus Padora